sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Penguin World - Analisando O Mapa da Operação Puffle

          Olá agentes. Grande Yoda aqui retornando depois de muito tempo. Muito mesmo!

          Nesta edição do Penguin World, vou analisar o Mapa da Operação Puffle que revelou várias salas novas escondidas no Mapa Oficial. E sim. Dessa vez o Penguin World será em forma de postagem, ao invés de vídeo.

          Antes de analisar, vejam o Mapa da Operação Puffle:


          No Mapa Oficial, as salas mostradas no Mapa da Operação Puffle ficariam nesta região: 




          O Mapa da Operação Puffle mostra as salas atrás do Dojo e da Estação de Esqui, tendo essas duas como referência. 
          Mas nós já vimos algumas salas escondidas no Mapa Oficial quando fizemos as Missões da ASP, lembram?

2. A Missão Secreta do G




             Essas salas eram descobertas quando você descia atrás da Montanha usando um trenó construído por Gary ainda em fase de testes.


           Por estarem logo atrás da Montanha, essas salas ficariam nesta região no Mapa Oficial:


          Então aparentemente as salas da Missão 2. A Missão Secreta do G e da Operação Puffle deveriam se encontrar, mas por que não se encontram?

          Simples. O Mapa Oficial está errado. A Montanha não é colada à Estação de Esqui!


         Viram? A Montanha fica de frente para a Cabana e não junta como mostra no Mapa Oficial.
         Logo, podemos deduzir que as salas da Missão 2. A Missão Secreta do G ficariam nesta região no Mapa da Operação Puffle:


        E por isso elas não aparecem. As salas da Missão 2 estão do outro lado, não sendo mostradas no Mapa da Operação Puffle.
        Mas vejam que fantástico! O rio da Missão 2 foi preservado na Operação Puffle! O CP teve todo o cuidado de conservar os fatos passados


         Como não amar a Equipe do Club Penguin esses lindos? <3 <3 <3 <3
         Outra Missão da ASP que revelou salas escondidas foi a:

9. Operação: Eu, Espião


         A sala revelada na Missão 9. Operação: Eu, Espião é a sala da Pescaria No Gelo que fica atrás da Cabana.
         Mas diferente do rio da Missão 2, a sala da Missão 9 não foi preservada, nem respeitada na Operação Puffle! 


          Que vergonha!
          E a última Missão da ASP a revelar mais salas foi a:

11. O Vilão Vegetariano



         O milharal não se encontra no Mapa da Operação Puffle e a resposta é bem simples: ele fica atrás da Casinha da Mina o que é bem distante da área da Operação Puffle!


           Bem distante mesmo! 
           Mas percebam que de novo o rio foi preservado! 


          Que fofos <3 <3 <3 <3
          Depois das Missões da ASP, voltamos a ver de novo os lugares inóspitos do Club Penguin em Agosto de 2010 com a Expedição Montanhosa!



          O fato de a Sala de Suprimentos, que tinha a caverna que nos levava até o topo da Montanha Mais Alta, não ser vista nessa Operação Puffle se explica por a Montanha Mais Alta estar mais no fundo na Cadeia de Montanhas.


           Mas algo que eles realmente erraram foi na entrada da Estação de Esqui.


            Esqueceram do rio na Expedição Montanha e para onde foi tanta árvore?? Sem falar que as montanhas do fundo são bem diferentes nos dois eventos.
           Há outra sala nova que também já foi revelada, mas nunca visitada antes. Todos já viram ela ao longe, mas poucos pararam pra observá-la e perceberam que havia algo estranho.... 
           Estou falando da Cabana Prateada!
           Não se lembran dela? Certamente vocês já a viram e acharam que na verdade ela era a Cabana. Ela pode ser vista na Montanha, veja:


            Mas ela não pode ser a Cabana por um motivo simples. Localização. A Cabana fica em frente ao teleférico e não oposto a ele. Vejam onde a Cabana realmente está:


          Mas não só pela localização. Fisicamente a Cabana Prateada e a Cabana são muito diferentes. Comparem: 


            Como o nome diz, a Cabana Prateada é prateada diferente da Cabana que conhecemos que é marrom. As escadarias são diferentes e ela, ao contrário da Cabana, não possui janelas, apenas uma pequena em cima da porta.
             Mas a característica mais marcante que impede de pensarmos que a Cabana Prateada poderia ser a Cabana vista de um outro ângulo é sua chaminé! A Cabana tem uma chaminé quadrada e de tijolos, enquanto a Cabana Prateada tem uma chaminé pontuda e feita de ferro.
             Ela também não é a Cabana usada na Operação Puffle. Há várias coisas que diferem as duas, mas a mais marcante, mais uma vez, é a chaminé

            
                Então podemos deduzir que a Cabana Prateada ficaria nesta região no Mapa da Operação
Puffle:



               Agora que já situamos as salas da Operação Puffle podemos de fato começar a análise.
               Exatamente. Tudo que vocês leram até agora era apenas uma introdução. Era apenas para situarmos as salas da Operação Puffle e mostrarmos o que tem ao redor delas e alguns elementos nelas já vistos antes como o rio.
               Para começarmos essa análise vou contar um segredo. O segredo de como descobrir os mistérios que há nas festas.
                Anotem: A melhor maneira de descobrir mistérios nas salas do Club Penguin é ver sempre as falas do Guia de Turismo.
                Muitas vezes elas nos revelam coisas que não sabíamos...

     
               Fala do Guia de Turismo: "Esta base funciona como apoio para os agentes... vocês podem conferir o Quartel de Resgate... ou sair em uma expedição pelo rio... só não se esqueçam de levar algo para comer!"
               Base é a primeira sala da Operação Puffle e a sala onde temos o primeiro contato com o rio. Cuidado para não caírem nele! Pela Missão 11. O Vilão Vegetariano, esse rio é gelado! Vemos também que os puffles azuis dominados por Herbert estão pegando tesouros aqui e ao longe percebemos uma estranha montanha em forma de puffle... Percebam também que as árvores são diferentes a medida em que nos aproximamos das cadeias de montanhas. Elas tem troncos altos e raízes perceptíveis na superfície (compare a árvore que está atrás do Quartel (esquerda) com a que está ao lado daquela pequena cachoeira no fundo(direita)).


              Fala do Guia de Turismo: "Este é o Quartel de Resgate... a EPF está trabalhando muito para salvar os puffles... sintam-se à vontade para entrar no grupo... recebam chamadas de rádio dos agentes... ou rastreiem os puffles no mapa."
              Agora adentramos no Quartel de Resgate. Logo que entramos, damos de cara com um cartaz de puffle perdido. Será o dourado ou amarelo? Quando explorei essa sala pela primeira vez, estava acompanhado de meu amigo Lilonow e ele ressaltou algo interessante sobre o cartaz. Embora a cor possa enganar, sabemos que o puffle do cartaz é amarelo, já que o dourado tem olhos também dourados e não pretos e nós também chegamos a essa conclusão, já que o jornal nos disse que nem puffles dourados, nem multicores foram capturados por estarem em locais de difícil acesso, estes vivem no céu e aqueles vivem dentro da crosta terrestre. Podemos perceber também o retrato de um puffle laranja, roxo, uma folha, vários equipamentos tecnológicos, uma pedra estranha com um furo no meio dentro de uma caixa de vidro e um equipamento estranho, que pela fala do Guia de Turismo é um rádio para você se comunicar com outros agentes. Vemos várias fotos em um mapa que ainda não estão reveladas, mas pela fala do Guia vemos que são fotos dos puffles capturados e ela mostra (ou devia mostrar) onde cada cor de puffle está roubando tesouros para Herbert.


                Fala do Guia de Turismo: "Este é o Acampamento... a EPF o montou para que os agentes possam treinar... e se preparar para explorar a natureza. Vocês podem assar um peixe... ou testar o seu equilíbrio na trave olímpica... ou escalar o muro até chegar ao sino."
                Saindo do Quartel e deixando a correnteza nos levar, chegamos a este outro lugar. O Acampamento. Pelo visto eles recriaram os equipamentos de treinamento da Resistência da Operação Apagão:


              Porém com modificações. Diminuíram o número de pneus, no teste de equilíbrio usaram uma trave olímpica em vez das correntes e na escalada substituíram a corda por um muro e um sino.
              Podemos também ver que há comida neste Acampamento (como a fala do Guia de Turismo da Base disse: "só não se esqueçam de levar algo para comer!") e os puffles verdes dominados por Herbert estão pegando tesouros aqui. As árvores aqui são baixas iguais às dos lugares já habitados por pinguins, diferente das árvores da Base. Isso se deve ao fato de o Acampamento estar mais distante das montanhas do que a Base (notem que podemos ver a Base ao longe). Mas curiosamente há algumas árvores altas bem próximas das barracas o que sim é muito estranho.
              Há dois caminhos para se seguir. Vamos pelo caminho onde está mostrando o Dojo, o vulcão e a cachoeira...



              Fala do Guia de Turismo: "Estamos passando pelas Paredes de Lava... aquele lá em cima é o Dojo do Fogo... essas paredes podem ser traiçoeiras... cuidado ao escalarem. Também é um ótimo lugar... para grelhar marshmallow."
              Chegamos às Paredes de Lava. Como podem ver, as hipóteses de esse ser um vulcão qualquer são inválidas ao ver a fala do Guia de Turismo. Este é claramente o vulcão do Dojo do Fogo. Mas nem precisávamos ter lido a fala do Guia para sabermos disso. Podemos ter certeza que é o vulcão do Dojo do Fogo ao vermos a sombra da ponte que liga o Dojo do Fogo ao Dojo. Conseguimos também perceber a Cachoeira do Dojo da Água que não se encontra com o vulcão graças a uma parede de pedras. Também vemos que os puffles pretos dominados por Herbert estão roubando tesouros aqui (provavelmente porque gostam de lugares quentes) e há uma espécie de "bola de neve congelada" na plataforma. Pelo visto o Guia de Turismo está incentivando os pinguins a escalarem o vulcão, porém com cautela. Podemos ver que há indícios que provam que pinguins escalaram e há uma abertura ao lado de uma mochila e acima de uma corda. Provavelmente ela foi aberta por um pinguim que escalou o vulcão, deixou sua mochila de fora e deve estar morando dentro dele.... Mas o que é isso? Há um pote com cadeado cercado por lava! É do tamanho perfeito para caber um pinguim, inclusive eu já vi pinguins brincando de ficarem presos nesse pote! Pode ser mais perigoso do que pensamos... Alguém realmente mora nesse vulcão e pelo visto é canibal! Ou deseja fazer uma oferenda aos "deuses"! Esse tipo de ritual é muito comum em lugares com vulcões. Com certeza você já viu filmes em que alguém é sacrificado em um vulcão para satisfazer os "deuses". #medo
              Ah, mas fora isso este é um lugar lindo! Daria um ótimo postal ou plano de fundo! Ver a lava se encontrando com a água é tão magnífico! Mas, tecnicamente, ao se chocar com água ou ao se resfriar, a lava deveria se solidificar e formar um vidro vulcânico, em outra palavras, uma obsidiana. Mas não vemos isso acontecer... Provavelmente porque ela deve estar se solidificando mais no fundo.



                Fala do Guia de Turismo: "Mais a frente, às margens do rio... fica a Clínica Veterinária de Puffles... é aqui que mantemos os puffles saudáveis... e ajudamos em sua recuperação. O veterinário sempre precisa de voluntários... para ajudar na recepção... regar o arbusto de Puffitos... ou cuidar dos puffles."
                Voltando o percurso e indo pelo outro caminho que o Acampamento nos leva, chegaremos à Clínica Veterinária de Puffles! Quando os puffles são salvos pelos agentes, vocês podem levá-los para esse local para eles se recuperarem... Mas na verdade mesmo isso aqui não é nada mais, nada menos que uma reaproveitação dos objetos e mobília do Farol durante a Batalha dos Super-Heróis da Marvel 2013:


              Viram? Até os brinquedos da sala de espera são os mesmos. A única coisa que mudou foi que eles adicionaram comidas e tigelas de puffles. Estranhamente, eles também reutilizaram o Raio-X para pinguins, sendo que essa Clínica era para ser só para puffles. Outra coisa curiosa é que há feno nesta sala! Mas puffles não são cavalos para precisarem de feno! Será que eles também tratam renuffles?
              Podemos perceber que os puffles marrons e laranjas dominados por Herbert estão roubando tesouros aqui e notem que as árvores também são baixas. 



             Fala do Guia de Turismo: "Essas são as majestosas Cachoeiras Congeladas... a correnteza aqui é bem forte... tenham cuidado! Temos holofotes potentes... caso precisem encontrar algo... como uma meia perdida... ou um patinho de borracha que desceu rio abaixo!"
             Continuando nosso trajeto depois da Clínica e das Paredes de Lava, chegaremos a outro lugar belíssimo!

ATENÇÃO: SE VOCÊ IGNOROU OS TEXTOS ENORMES DESTA POSTAGEM DAS ANÁLISES ACIMA, SUGIRO NÃO IGNORAR ESTE! É A DESCOBERTA MAIS FANTÁSTICA DESTA FESTA!

             Pela fala do Guia de Turismo, estas são as Cachoeiras Congeladas! Espera... esse nome não lembra alguma coisa? Cachoeiras Congeladas... Que coisa no CP nos lembra essa palavra? "Congelado"? Isso mesmo! Os puffles brancos! Será que foi daqui que eles vieram? Tem tudo a ver! Para quem não sabe, o puffle branco foi descoberto na Festa dos Puffles de 2009. Ele era avistado de vez em quando no Pátio do Dojo e no dia 6 de Março de 2009 os puffles brancos puderam ser adotados.



            Como eles foram vistos pela primeira vez no Pátio do Dojo, eles só podem ter vindo de um lugar que fica atrás do Pátio do Dojo! E as Cachoeiras Congeladas podem ser exatamente esse lugar! Fantástico! 


              Essa é uma descoberta realmente impressionante eu adorei essa Operação! E sendo coincidência ou não, os puffles brancos são justamente os puffles que podem ser visto aqui roubando tesouros!
              Atrás destas Cachoeiras também fica o Esconderijo de Herbert, mas não vamos analisá-lo, já que não é uma sala natural do Club Penguin.
              Vejam de novo aquela montanha em forma de puffle! Que segredos ela pode nos revelar? Bom, vamos descobrir! Se segurem em seus botes todos em rumo à montanha em forma de puffle!
              Vocês devem estar falando "lembrei porque gosto tanto do Penguin World", né? Agora esta análise está começando a ficar emocionante!



               Fala do Guia de Turismo: "Uau! Aqui temos as Corredeiras! Há um redemoinho... que pode sugar vocês... (Mentira! Eu tentei ser sugado e não deu!) fiquem sempre juntos! Pode ser divertido descer essas Corredeiras... mas peçam ajuda, caso vocês caiam!"
               Esta sala é muito divertida! O Club Penguin caprichou nos efeitos de correnteza! A única coisa que não gostei foi do redemoinho! Ele não tem nenhum efeito e nem suga seu bote! Nem quando você chega perto! Isso foi o que me decepcionou nesta sala...
                Bem, podemos perceber ainda partes congeladas mostrando resquícios das Cachoeiras Congeladas e também os puffles rosas dominados por Herbert estão roubando tesouros aqui, provavelmente porque eles adoram mergulhar e o local é cercado por água. Percebam também que as árvores aqui também são baixas.



               Fala do Guia de Turismo: "Esta é a Caverna do Rio... vejam essas formações rochosas... aqui é um ótimo local para mergulhar... Fiquem atento aos puffles... é onde muitos deles têm aparecido."
               Deixando a correnteza nos levar entraremos direto na Caverna do Rio! Que também é a montanha em forma de puffle! Pelo mapa podemos perceber isso mais claramente:



               E esta sala pode ser tão impressionante como as Cachoeiras Congeladas! Ela me intrigou muito... Ela com certeza tem uma ligação direta com puffles, mas qual? Meu amigo Xandi Vip tem uma hipótese: 

             
            E ele pode estar certo! A Caverna do Rio pode ser a origem dos puffles!  Essa teoria pode ser reforçada no momento em que o Guia de Turismo diz:  "Fiquem atento aos puffles... é onde muitos deles têm aparecido." Os puffles dominados por Herbert que aparecem aqui são os roxos e amarelos. Os puffles roxos puderam ser adotados pela primeira vez em 25 de Agosto de 2006, mas a Tia Arctic já tinha o descoberto e adotado antes disso e os puffles amarelos foram descobertos no Halloween de 2007 na Floresta e puderam ser adotados pela primeira vez 30 de Novembro do mesmo ano. A Floresta fica bem longe da Caverna do Rio e nós já encontramos duas espécies de puffles roubando tesouros na mesma sala na Clínica Veterinária de Puffles! Porque o Guia iria dizer que muitos puffles têm aparecido aqui? Só se não são só esses puffles que têm sido vistos por aqui.... Podem ter mais! Muito mais! Quem sabe este não seja o lugar em que todos os puffles nasceram e depois foram migrando para outras partes da ilha? Isso é realmente algo muito intrigante! Muito mesmo!
              Pelo Guia de Turismo este é um ótimo local para mergulho e podemos ver que pinguins já vieram aqui para mergulhar. Podemos ver seus pés de pato, seu tanque de oxigênio e uma máquina com uma mangueira que se conecta ao mergulhador. Esta caverna é bem congelante também!


               Fala do Guia de Turismo: "Aqui fica a Casa da Árvore... é um ótimo local para descansar... após um dia viajando pelo rio. Há peixes e fogueira... e a EPF está vigiando a área... com câmeras de segurança e holofotes."
               Para terminar, temos aqui a última sala nova desta Operação. Saindo da caverna e deixando a correnteza nos levar, chegaremos à Casa da Árvore! Na verdade, há várias casas da árvore! Este local foi feito para descansarmos como diz o Guia e também porque as árvores aqui são bem altas! Pelo visto é só nesta região que as árvores são altas assim, já que analisamos nos outros lugares e as árvores tinham tamanho normal igual as demais sala do Club Penguin.... menos na Base, lembram?


              Na Base também vemos árvores altas! Isso se deve ao fato das salas Base e Casa da Árvore serem bem próximas, tanto que ao estar na sala Casa da Árvore, se continuar seguindo o rio irá parar na parte de cima da sala Base... porém nada explica o porquê de haver algumas árvores altas no Acampamento!

o_O

               O mais estranho é que até pelo Mapa da Operação Puffle as árvores altas se concentram só na Casa da Árvore


                Mas voltando para a análise... podemos perceber que ao lado das casas da árvore, a EPF construiu uma espécie de fortaleza para vigiar os agentes enquanto eles descansam. Tem até uma jaula. Puffles vermelhos dominados por Herbert também são vistos roubando tesouros aqui. 
                Como disse anteriormente, ao seguir o rio você volta para a Base. Então a análise termina por
aqui. 

                Curiosidade: O Dojo está mal-feito no Mapa da Operação Puffle. A Cachoeira está totalmente mal-localizada:


                  A Cachoeira é mais alta que o Dojo! E não mais baixa como mostra no mapa e também não fizeram a ponte que liga o Dojo à Cachoeira no mapa! Nem as pontes que ligam o Dojo ao Dojo da Neve... Nem as montanhas do Dojo da Neve! Que bagunça!
                  Outra coisa mal-representada foram as escadarias...


                 ...Mal-representadas nada! Elas não foram nem um pouco representadas!


                Mas esse é um erro aceitável, já que a Equipe do Club Penguin nunca desenha as escadarias. Nem no Mapa Oficial, nem na Casinha da Mina onde agora tem um caminho para o Dojo...

                
            ...E por falar nisso, pelo visto o Club Penguin esqueceu que agora tem um caminho na Casinha da Mina que leva direto para o Dojo:


             Mas realmente não temos o que reclamar. Essa Operação foi esplêndida!
             Para os que acompanham o Penguin World, devem estar se perguntando onde está o Nemon1, certo? Bem, há quem diga que ele foi confundido com um puffle e capturado por Herbert...
             
             O que acharam dessa análise? Que mistérios a Cabana Prateada pode nos revelar no futuro? Quão irritados ficaram ao saber que aquele texto enorme era apenas a introdução? Acham que os puffles brancos realmente vieram das Cachoeiras Congeladas? E aquela caverna em forma de puffle que ligação teria ela com os puffles? Seria lá a origem de todos eles? Comentem!



Nenhum comentário:

Postar um comentário