sábado, 31 de outubro de 2015

Dimensão de Teorias - A Ilha de Rockhopper


Saudações, pinguim! Na última teoria fizemos novamente outra votação para decidir a teoria desta edição, e o grande vencedor foi... a teoria da Ilha de Rockhopper! Nesta edição falaremos sobre a possível localização da ilha de Rockhopper, sobre suas aventuras nela, sobre as descobertas de Rockhopper na ilha, e o que não podia faltar, é claro, teorias! 


Antes de comentarmos sobre esta teoria, teremos uma convidada especial nesta edição: Joaninha! Ela estará nos ajudando nesta edição, escrevendo suas próprias partes, teorias e marcando seu nome na história do quadro como a primeira participante especial que tivemos. Espero que goste dessa edição, e boa leitura!

A Origem da Ilha Rockhopper

Ilha Rockhopper, como o próprio nome já diz, é um local que pertence ao Capitão Rockhopper. Ela foi descoberta em uma de suas aventuras e os únicos habitantes de lá são Rockhopper e Yarr, pois até agora nenhum pinguim sequer conseguiu investigar a Ilha. Possa ser que até Bambadee estivesse lá, pois ele foi o pinguim azul que velejou com o capitão enquanto voltava a ilha, história contada no livro Rockhopper e o Passageiro Clandestino, porém, isto são apenas boatos.

Diário do Capitão Rockhopper

No Diário do Capitão Rockhopper, livro onde foram descritos todos os acontecimentos de Rockhopper entre os anos de 2005 à 2008, temos dois pequenos trechos (fragmentos) escritos por ele em que a suposta 'ilha' é citada. Elas estão localizadas nos dias 5 de abril e 27 de maio de 2005 de sua viagem.

Em 17 de março de 2005, no início de sua viagem, uma grande tempestade surpreendeu o capitão, que tentou voltar a Ilha do Club Penguin, mas que foi tirado da rota pela tempestade. Portanto, foi por causa desta tempestade que Rockhopper descobriu a ilha.


Pelas penas do pinguim! Até que enfim um tempo para respirar! Ah que tempestade! Ei... nem sei por onde começar! Esses dias atrás, as nuvens mais terríveis que já vi se aproximaram, vindo pelo nordeste! O mar ficou bravo, as ondas quebravam e espumavam, e o vendo assobiava por todo o navio. O céu escureceu. Tentei desviar da tempestade, mas ela galopou veloz sobre mim. Tudo o que pude fazer foi não deixar que o Migrator afundasse!


No dia 5 de abril de 2005, enquanto procurava o Club Penguin, avistou uma pequena ilha com riachos e árvores carregadas de frutas, porém nada de pinguins. Ele foi até lá para encher barris e pegar comida, mas queria continuar sua busca pelo Club Penguin, na qual encontrou milhares de tesouros que foram colocados no compartimento do Migrator.


Terra a vista! Vi uma ilha ao leste, ei, com a luneta. Como eu queria que fosse o Club Penguin, mas nem sinal de pinguins! Era uma ilha pequena com riachos de água limpa e árvores carregadas de frutas. Os barris estão cheios, e eu não vou passar fome ou sede por várias luas... quer dizer, desde que não venha outra tempestade.
Em 27 de maio de 2005 passou novamente pela ilha, e como a ilha estava deserta, batizou-lhe de Ilha Rockhopper, conhecida até hoje pelo mesmo nome. Este nome só pode ser dado porque nenhum habitante residia naquela ilha, como já citado, estava deserta. Segundo Rockhopper, o clima da sua ilha é tropical.

Bem, não encontrei o Club Penguin, mas vi de novo a ilha das árvores carregadas de frutas. Não há uma viva alma nessa ilha, por isso a batizei de Ilha do Rockhopper. Arrr! Agora tenho uma ilha! Arrr arrr!

A existência desta ilha é deixada bem clara por Rockhopper, pois além destes acontecimentos a palavra ilha é citada várias e várias vezes em seu diário. Acesse o swf do diário do capitão clicando aqui.




Localização da Ilha Rockhopper

Ilha Rockhopper se localiza a oeste da Ilha do Club Penguin. Atualmente ela é a maior ilha tropical próxima ao Club Penguin e sempre que o capitão não está presente na nossa ilha ele se desloca em direção a este local. Para chegar a Ilha do Rockhopper, como visto na Cabotagem do Rockhopper, é preciso atravessar três pequenas ilhas, conhecidas por Ilha dos Mercantes (Swashbuckler Trading Post), Baía Jurássica (Dinosaur Island) e a Ilha dos Navios Perdidos (Shipwreck Island).


No mapa acima é possível avistar a Ilha do Club Penguin e as Três Pequenas Ilhas. Mas afinal, onde está a Ilha Rockhopper? A melhor maneira ou a maneira mais fácil de responder este questionamento é dizer que o pedaço que está faltando no mapa é a localização oficial da ilha! Mas antes devemos compreender alguns aspectos para este pedaço seja, de fato, a localização oficial da ilha.

Comparando os Mapas de 2007 e 2012

Comparando um item realizado pelo Club Penguin em agosto de 2007, chamado de Mapa de Parede com o mapa atual mostrado acima, podemos ver que o pedaço restado está completo no outro. Para entender veja as duas imagens:


O primeiro mapa, à esquerda, está completo, ou seja, não está faltando pedaços como mostra a segunda imagem, à direita. Como a segunda imagem tem a presença das Três Pequenas Ilhas e na época de 2007, como essas ilhas ainda não foram descobertas, só resta a Ilha Rockhopper para ser substituída no segundo mapa. Além disso, a posição da Ilha Rockhopper no primeiro mapa se encaixa perfeitamente com a posição da Ilha Rockhopper no segundo mapa.

O Rubi: Ilha dos Navios Perdidos

Para quem visita o Posto de Observação e utiliza o telescópio do Farol sabe que quando o Capitão Rockhopper não está a caminho da Ilha do Club Penguin aparece ou pode ser avistada um ponto vermelho bem de longe.


Nos primórdios achavam que este ponto era a localização da Ilha Rockhopper, mas na verdade esta é a localização da Ilha dos Navios Perdidos, como pudemos ver na Cabotagem do Rockhopper. Este ponto vermelho é nada mais nada menos que o reflexo de um rubi situado na Ilha dos Navios Perdidos.

Descobertas na Ilha Rockhopper

Como vimos anteriormente o Capitão Rockhopper precisou enfrentar e cruzar uma grande tempestade para conseguir finalmente chegar a sua ilha, que mais tarde foi chamada com o seu próprio nome. Mas... qual ou quais foram as descobertas que o nosso capitão desvendou ao abortar na ilha? Este tópico foi criado especialmente para responder este e outros questionamentos sobre o que há de interno na Ilha Rockhopper.

Vulcão

Como você leu, a Ilha Rockhopper apresenta um vulcão. Este fenômeno pode ser explicado em vários trechos de livros do Club Penguin, em festas, como a Cabotagem do Rockhopper, ou pelas próprias palavras do Capitão Rockhopper. A seguir temos todas, ou quase todas, as aparições do vulcão, comprovando que este vulcão existe de verdade.


Natal na Ilha Rockhopper

Antes de serem mostradas as aparições do vulcão da Ilha Rockhopper devemos saber que o próprio Capitão Rockhopper confirmou a existência desse vulcão, contada no livro Natal na Ilha Rockhopper, em dezembro de 2005, quando o capitão resolve passar o Natal em sua ilha ao invés de visitar o Club Penguin. Conforme o texto, o vulcão da Ilha Rockhopper está ativo!

Logo vi o vulcão da ilha no horizonte. Virei o leme e o Migrator seguiu em sua direção, justo para o local onde eu guardava meu butim. (...) Guiei meu navio até à caverna, que estava iluminada pelo brilho da lava do vulcão, e baixei âncora



Cabotagem do Rockhopper: Ilha dos Navios Perdidos

Agora que sabemos sobre a existência de um vulcão, como dito no livro, podemos confirmar essa situação, pois sempre que há uma visão de longe da Ilha Rockhopper podemos ver uma camada de relevo elevada, situando o vulcão.

A visão mais nítida que temos é vista na Ilha dos Navios Perdidos, na Cabotagem do Rockhopper. De alguns em alguns minutos um relâmpago atingia o background da ilha, aparecendo outra ilha. Utilizando os mapas de 2007 e 2012 do Club Penguin e sabendo as localizações das Três Pequenas Ilhas, principalmente da Ilha dos Navios Perdidos, sabemos que a ilha ao fundo é a Ilha Rockhopper.

Dando o zoom na imagem, podemos ver claramente que é uma ilha, pois além de apresentar um vulcão, existem diversas palmeiras. Em outras palavras, palmeiras são características de uma ilha qualquer, tanto as reais como as ficcionais. Agradecimentos a Grande Yoda pela imagem!


Tanto o vulcão como a Ilha Rockhopper podem ser avistadas em algumas imagens, escondidas ao fundo, como por exemplo a Ilha dos Navios Perdidos, visto acima, e na música Anchors Aweigh. Segundo Rockhopper, como já citado, o vulcão encontra-se atualmente ativo.

Caverna da Ilha Rockhopper

Natal na Ilha Rockhopper

Conforme o livro Natal na Ilha Rockhopper, além da existência de um vulcão existe também uma Caverna, sem nome definido, porém chamada de Caverna da Ilha Rockhopper ou Caverna Rockhopper. Segundo Rockhopper é neste lugar onde todos os tesouros encontrados por ele são guardados, como relíquas. Clique aqui para ler mais informações do livro.

Navegando por entre recifes e rochas consegui guiar o Migrator até um lugar escondido, com uma passagem para a Caverna Secreta Rockhopper! Aposto minhas penas, mas não posso dizer onde a caverna fica, porque então não seria secreta, mas posso garantir que é difícil de encontrar! Arr!



O Molusco dos Sete Mares

Primórdios

Neste tópico iremos falar sobre o Molusco dos Sete Mares, uma das lulas que enfrentou o Capitão Rockhopper na curta metragem Capitão Rockhopper contra o Molusco dos Sete Mares. Além desta lula existem várias outras presentes no Club Penguin, como a lula gigante. Mas como eu disse este tópico destacará apenas a lula referida acima.


Antes de falarmos sobre isso, observe que nos mapas de 2007 e 2012 mostrados acima aparece uma lula, aparentemente com a mesma cor do Molusco dos Sete Mares. A localização desta lula é próxima da Ilha Rockhopper e no clipe de Anchors Aweigh o Molusco também se encontra próximo da Ilha Rockhopper.

Anchors Aweigh

Na música Anchors Aweigh, quando o Molusco dos Sete Mares captura Yarr por alguns segundos, ao fundo é possível avistar a Ilha Rockhopper. Note que ao mesmo tempo da aparição da ilha ela também é citada na canção por Franky. Observe também o vulcão e algumas palmeiras ao fundo, que complementam a ilha.


Na frase "E à Ilha Rockhopper vamos navegar", quem assistiu o clipe de Anchors Aweigh sabe que todos os membros da Penguin Band, Stompin Bob, G Billy, Petey K e Franky estavam dentro do Migrator, junto ao Capitão Rockhopper e Yarr. Portanto, semelhando a frase com esse acontecimento podemos concluir que possivelmente a Penguin Band também visitou a Ilha Rockhopper. Mas lembrem-se de que isto é só uma teoria!

Descoberta dos Puffles Vermelhos

Foi na Ilha do Rockhopper onde os Puffles Vermelhos foram descobertos. Dentre os milhares de puffles que habitavam aquela ilha, Rockhopper escolheu apenas um deles para ser seu companheiro de viagens, e assim foi descoberto o puffle Yarr. Esta cena também é contada no Diário do Capitão Rockhopper. O capitão trouxe todos os puffles vermelhos para o Club Penguin, e assim eles começaram a ser adotados por todos os pinguins habitantes daquela época até hoje.

Algumas outras características da Ilha Rockhopper que não se assemelham a este tópico, descobertas pelo jogador inglês Perapin é que a distância entre o Club Penguin até a Ilha Rockhopper são de cerca de um mês. Além disso essa distância equivale a 30.000 km, pois o Migrator tem uma velocidade de 41 km/h.




Esta teoria foi escrita apenas para confirmar a existência da Ilha Rockhopper, e agora podemos confirmar que esta ilha existe de verdade. Para finalizar, o Club Penguin enviou em 2011 um vídeo que não tinha relação com a Ilha Rockhopper, mas que deixou escapar algumas informações como a possível quebra do iceberg, a revelação da identidade da Diretoria, a habilidade dos puffles, etc.

Créditos a GrandeYoda pelas imagens!

Surpreendente, não? Conhece outra teoria que não foi citada aqui? Comente! Primeiramente gostaria de agradecer a Joaninha por nos ajudar nesta edição com muitas informações e é claro, agradecer a vocês pelo feedback incrível que o quadro vem recebendo. Bom, vamos ficando por aqui pinguim. Até mais e... Aaaaaargh!

Teoria desenvolvida e escrita por Loko5641, Pedrox e Joaninha (informações).