sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Animal Warriors #2 | Aliados?

Olá novamente! Eu, o Umbreon, voltei para postar o segundo episódio de minha série, Animal Warriors! Bom, no final do último episódio, nossos heróis saíram de sua vila Lit para procurar os 3 desaparecidos! Hoje vamos acompanhar um pouco mais da trajetória deles! Enfim, para ler, clique no botão abaixo!

O mundo fora da vila... Nunca tinha visto tão de perto. Era incrível.
Pássaros voando, animais como cavalos selvagens bebendo água nos lagos...
Era maravilhoso. Mas eu precisava me focar na nossa missão.

Liza: Que lindo...

Loko: É assim que é o mundo fora da vila?

Davry: Se nós estamos fora da vila, obviamente que o mundo fora dela é assim...

Loko: CALA A BOCA!

Caminhando por algumas horas, nós seguimos andando pela estrada até que Liza tirou um mapa de sua mochila.

Liza: Hmm, acho que nossa melhor opção é visitar Ironleaf e pedir informações por lá.

Davry: Ironleaf? Aquela cidade que tem um lado futurista e outro selvagem?

Umbreon: Sim, essa mesma.

Loko: Eu ouvi falar que lá a natureza e a tecnologia entram em harmonia...

Liza: Bom, se continuarmos a oeste, chegaremos lá.

Davry: Acham que eles vão acreditar que fomos enviados em uma missão de resgate?

Umbreon: Eles tem que acreditar.

Após andar por algum tempo, paramos para descansar. Davry não parava quieto, corria de um lado para o outro. Liza praticava com seu arco em algumas árvores, e Loko cavou uma pequena toca e se deitou lá.

Eu sentia que se a gente parasse muitas vezes, logo Arliot iria parecer um queijo em escala planetária.

Comecei a me preocupar. O que vamos fazer ao achar o primeiro desaparecido? Levar ele conosco para procurar os outros ou levá-lo para a vila? E se não acharmos ninguém? 

Me deixei levar pelos pensamentos, e então dormi. Quando acordei, deviam ser umas 5 horas da tarde. Davry estava tentando acender uma fogueira com faíscas, Liza estava pegando algumas maçãs nas árvores próximas, e Loko montava 4 barracas.

 Ele cavou uma toca enorme para os animais descansarem com segurança. Eu levantei e ajudei Davry a acender o fogo. Sentamos em volta da fogueira e começamos a contar algumas histórias de infância.

Então eu ouvi alguma coisa bem de longe, mas não dei muita importância. Achava que eram só alguns animais selvagens, mas eu sabia que eles não iriam nos atacar. Os animais das florestas próximas de vilas/cidades já são acostumados com humanos.

Ao ir dormir, entramos nas barracas. Me deitei, olhando pra cima e ouvindo o som dos animais. Acredite em mim; o som que Davry faz enquanto dorme é de estalos de eletricidade muito altos.
Foi agoniante tentar dormir ouvindo esse som.

5 horas da manhã, as asas de Liza bateram e fizeram um som tão forte que eu acordei. Fui pegar uma maçã. Ao subir na árvore para pegá-la, ouvi algo se mexendo nos arbustos.

Me aproximei devagarzinho....

Puxei as katanas e fiquei em guarda.

Um garoto com roupas cinzas e um machado de guerra estranho pulou do arbusto.

Umbreon: AAAAAAAAAH!

???: Quer parar com essa gritaria? Não sabia que eu era tão assustador assim!

Umbreon: Quem é você?

???: Meu nome é Snuggy! Eu sou de Ironleaf!

Guardei as katanas.

Umbreon: De Ironleaf?

Então eu ouvi passos saindo da barraca. Meus amigos haviam acordado.

Liza colocou a cabeça pra fora da barraca:

Liza: Umbreon, quem... AAAAH!

Loko: Quem é esse cara?

Umbreon: Ele se chama Snuggy, e ele disse que ele é de Ironleaf.

Davry: Tem mais alguém ali...

Uma garota de óculos e cabelos castanhos e longos saiu de trás de uma árvore, com vestes semelhantes a do garoto.

Snuggy: Ah, essa é minha irmã.

???: Ahm, podem me chamar de Lota...

Snuggy: Estávamos saindo de Nayru, voltando para Ironleaf... Vimos um fogo e ficamos por perto.

Lota: Fomos enviados a Nayru para instalar uma máquina... Nós meio que trabalhamos para nosso pai por enquanto, mas planejamos criar nosso próprio negócio...

Loko: E como sabemos que estão falando a verdade?

Snuggy e Lota mostraram 2 insígnias.

Snuggy: Nosso pai nos deu essas insígnias para provarmos nossa relação com Ironleaf.

Umbreon: Vocês parecem legais. Também estamos planejando ir para Ironleaf... Que tal ir conosco?

Lota: Sério? Seria ótimo.

Snuggy: Digo o mesmo! Vamos!

Eu devo dizer uma coisa: Sempre fui meio desconfiado das pessoas, mas eles tinham provas e pareciam sinceros. Não havia motivo pra não se juntarmos a eles.

Lota: Quando nós chegarmos lá, vocês podem pegar mais suprimentos.

Liza: Tudo bem! Vamos comer alguma coisa e continuar.

Sentamos e começamos a conversar.

Umbreon: Então, qual máquina em Nayru tinha quebrado?

Snuggy: Um gerador de energia. Algum aprendiz Elétrico de lá partiu-o no meio com uma descarga elétrica e tivemos que instalar outro.

Loko: Se você não tivesse dito que o aprendiz era de Nayru, eu iria dizer com toda certeza que foi o Davry.

Davry: POR QUE EU SOU SEMPRE ACUSADO DE TUDO?

Umbreon: Porque você sempre quebra coisas.

Liza: Inclusive, você está quase quebrando sua lança agora.

Davry rapidamente deixou de se apoiar nela.

Snuggy olhou para seu pulso.

Snuggy: Já são 6 da manhã. É bom irmos andando.

Umbreon: Como você sabe?

Snuggy: Existe esse objeto chamado ''Relógio de pulso'' lá em Ironleaf. Ele marca as horas.

Fiquei maravilhado com a tecnologia existente lá.

Com 2 novos aliados, ganhamos um pouco mais de confiança. Desarmamos as barracas, demos uma última olhada no mapa, e seguimos a oeste.

Eu estava com a sensação de estar sendo seguido. Eu olhava pra trás e não via ninguém. Mas eu não podia perder o foco. Tínhamos que continuar.

Bom, este foi o segundo episódio! Dois novos aliados, será que os heróis terão alguma outra surpresa? O que farão em Ironleaf? Continue acompanhando a história para descobrir! É isso, vou ficando por aqui, até mais, e ...  Pinguinando!