quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Será que vender o Club Penguin para a Disney foi uma boa ideia?

Olá pinguim! Aqui é o Garrifro, e hoje vim trazer uma coisa que não fazemos há algum tempo: uma coluna! E claro, com um assunto polêmico, por que se não for polêmico qual a graça? Enfim, como jogador e administrador de um fã site de Club Penguin, uma das coisas mais recorrentes que vejo nas áreas de discussões do site, nas redes sociais e afins são pessoas fazendo comentários como "A Disney está estragando o Club Penguin" "O Spike Hike não é um bom CEO" e mais coisas desse gênero ou até mais absurdas... Pois é. Eu preciso reforçar aqui, que eu vou defender um ponto de vista que pode não ser o seu, isso não torna a minha ou a sua opinião verdades absolutas, devemos manter uma conversa amigável e sem brigas ao discutir sobre qualquer assunto. Clicando no link abaixo da imagem  você será levado ao artigo completo.



Logo de início, digo que: Não, a Disney não estragou o Club Penguin coisa nenhuma. Veja bem, um jogo online não é uma coisa barata de ser mantida, o custo de pagamento de funcionários e servidores de qualidade e inúmeras outras coisas são altíssimos, e acredito que não é surpresa para nenhum de vocês o fato de que sem a Disney, o Club Penguin poderia nunca ter chegado ao seu auge em 2012.  Mas, e as assinaturas? Por que eles não usam elas para suprir a necessidade da empresa? Por que por mais que o dinheiro fosse considerável, a tendência é sempre aumentar os gastos. Poderia chegar uma hora que esse dinheiro não seria mais suficiente, e o jogo iria a falência, entende? E se a saída não fosse vender o jogo, muito provavelmente, seria aqueles anúncios que tem em muitos sites e todos nós amamos isso né? É super agradável... Isso foi sarcasmo, só para deixar claro.

Chegado ao ponto inicial de que sem a Disney o jogo provavelmente ja teria falido há tempos, vamos para um outro ponto... Se o Club Penguin chegou onde chegou em sua ascendência de 2011 à 2013 quando estava em alta, tendo vários comerciais veiculados na televisão dos países onde o jogo funciona e adicionando novas línguas, muito disso se deve a influência da Disney. Será que tem gente que Vai negar isso? O que eu estou dizendo não é que a equipe da época não têm mérito, e sim que sem a Disney todo o trabalho duro deles não seria visto nem pela metade das pessoas que viram. Concorda?

Agora fechado o segundo ponto, vamos ao final e o mais polêmico: A Disney OBRIGA o Club Penguin a fazer festas divulgando as suas marcas? Eu tenho que dizer que não acredito nisso, o argumento das pessoas que dizem isso é o seguinte "A Disney obriga o CP a fazer festa dos filmes deles, usam o jogo só para publicidade"... É sério isso gente? Uma vez que a Disney é uma multinacional, a maior empresa midiática que existe, e poderia investir em qualquer outro meio muito mais eficiente para garantir o sucesso de determinada produção, eles optam por fazer publicidade em um jogo online? É sério mesmo, que tem gente que acredita nisso? Não estou julgando, estou apenas comentando o quanto fico surpreso.

Não estou falando que nunca acontece de um administrador dela chegar para os do Club Penguin e falar "E aí cara, a gente vai lançar esse filme, não tem como vocês fazerem algum evento no jogo pra ajudar um pouquinho na divulgação?" acontece, claro que acontece, e se possível obvio que eles vão querer ficar bem com os chefões, e vão inventar alguma coisa pra fazer o que eles pediram, mas não chega a ser algo feito por que foram obrigados. Vocês que acham que a Disney obriga o jogo a fazer determinada festa se esquecem de que os próprios jogadores pedem MUITO por takeovers, por que eles querem ver o que eles gostam no jogo favoritos deles. Ou vão me dizer que não? Quando alguém pergunta que festa tal jogador gostaria de ver no jogo a maioria das respostas são takeovers tanto de produtos Disney quanto de outros! Então vamos parar de hipocrisia e vamos parar de querer apontar o dedo para colocar culpa nas costas de seja lá quem ou o que for. As coisas NÃO são tão simples assim.

Conclusão: 2015 e 2016 não são anos normais na ilha, o jogo realmente não está na sua melhor forma, mas todo mundo que fala alguma das coisas que eu citei previamente esquece que há um projeto enorme sendo feito com todo o carinho por parte da equipe e consequentemente por parte da Disney também, tudo para melhorar a sua experiência no jogo, e é necessário sacrificar um pouco para chegar em algum resultado logo! Ainda mais agora que eles não podem mais esperar pois o suporte ao Flash vai acabar em vários navegadores. Não adianta querer ficar no mesmo não é isso que rende hoje, não é isso que as crianças gostam e se crianças não gostam não tem dinheiro e sem dinheiro não tem jogo nenhum, vivemos num mundo capitalista senhores. Não adianta também ficar falando que estava bom como estava, pois se as coisas não se adequam à novos tempos acabam sendo esquecidas, essa é a triste realidade.

Tenho certeza que nos comentários podem surgir pessoas falando que se a culpa do jogo estar ruim não é da Disney é do Spike Hike. Vulgo Hitler do Club Penguin? Só isso para explicar tanto ódio para uma pessoa só. Por que será que as pessoas, quero dizer, pinguins gostam tanto de odiá-lo? Isso pode ser discutido em uma próxima coluna, se você gostaria de ver isso não deixe de comentar. #Pinguinando