sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Animal Warriors #4 | A Solidão Gelada

Olá pessoal! Umbreon aqui, e hoje temos mais um capítulo da série Animal Warriors! Bom, no último episódio (bem curto, por sinal) nossos heróis chegaram em Ironleaf, conheceram o pai de Snuggy e Lota, e agora estão partindo para a primeira busca, a busca por Giovanna Linn Thomas, a filha do Príncipe do Gelo! Sem mais delongas, vamos começar!



Ao acordar, fiquei sentado na cama refletindo.

Até agora, não encaramos nenhum perigo maior.
Apenas quedas, alguns cortes, e tudo mais.

Em Frostl, haviam monstros hostis, como Yetis, goblins das neves, entre outros.

Abri a janela e um pouco de luz entrou, iluminando a bainha das espadas que recebi dos anciões. Tomei um banho, me vesti, e saí do meu quarto até a cozinha. Passando pelos corredores, vi vários quadros, todos de familiares de Snuggy e Lota. Estava feliz que eles vinham com a gente. A única coisa que Liza sabe pilotar são pássaros.

Fui até a cozinha. Depois de mandar pra dentro o café da manhã, fui até os estábulos, onde Liza acariciava Stormy, sua águia. Stormy é uma águia gigante, falando nisso.

Liza: Umbreon, acordando tão cedo?

Umbreon: Nós vamos viajar o mundo em uma nave. Como eu iria relaxar ao ponto de dormir direito?

Liza: *risadas*.

De repente, o meu bolso começou a brilhar. Lembrei do amuleto que minha mãe me deu quando saí de Lit. Puxei ele do bolso e ouvi a voz de minha mãe, junto com a imagem dela aparecendo no amuleto.

Ela basicamente perguntou se eu estava bem, essas coisas. Expliquei a ela que íamos para Frostl, e que estávamos hospedados em Ironleaf na casa de um amigo. Ela obviamente começou a falar de ''Ah, cuidado para não gripar'' e coisas do tipo.

Depois, a pedra voltou para sua cor verde-água, e guardei-a.

Liza: Sua mãe com certeza se preocupa com os filhos.

Umbreon: Qual mãe não se preocupa?

Loko e Davry entraram em disparada no estábulo. O komodo de Loko, Trunk, estava dormindo, mas Thor, energético como sempre, disparou em Davry.
Jack acordou com o estrondo da queda e uivou.

Após isso, Snuggy e Lota entraram.

Snuggy: Prontos? Nosso pai está chamando. Espero que tenham roupas de frio.

Todos: Sim.

Lota: É melhor irmos andando. Nosso pai pode ser bondoso, mas isso não significa que ele seja paciente.

Fomos guiados até o aeroporto de Ironleaf. Não sabíamos que Steelo era rico ao ponto de ser o dono de um aeroporto, mas não importava.

Chegando lá, um piloto veterano nos levou até a aeronave.

Quando eu a vi, Loko quase teve que me marretar para que eu recuperasse o foco.

Pelo menos uns 50 metros de comprimento. Preta e vermelho. Parte externa e interna. Luzes. Turbo. Sistema de flutuação. Sistema de defesa. E o nome ''Black Bird'' escrito em cores brancas do lado.

Quando eu era pequeno, em Lit, eu via no horizonte algumas naves, mas não sabia o que eram. Para mim, eram apenas pontinhos coloridos voando. Agora eu sabia o que eram.

Steelo veio até nós:

Steelo: Hah! E então, crianças, o que acharam?

Liza: Minha. Nossa.

Loko: Vai ser muito mais fácil viajar agora...

Davry começou a soltar faíscas dos braços.

Umbreon: Cuidado!

Davry soltou dois choques pelos braços que acertaram Loko e Snuggy.

Snuggy: AI!

Loko: Senti nada.

Liza: Ué?

Lota: Enfim, devíamos partir.

Steelo levou seus filhos em um canto, se despediu, e deu a Lota um machado de guerra holográfico. Apenas Snuggy tinha um, aparentemente. Eles voltaram, e Snuggy apertou um botão em uma chave.
A porta da BB (Black Bird)  abriu, e então subimos nela.

Uma recepção. Sofás, plantas, sistema de refrigeração, elevador para a cabine do piloto, e no fundo uma porta para o corredor.

Snuggy: Eu já conheço esse modelo de nave. Lota, pode guiá-los?

Lota: Claro.

Ela nos levou pela porta para o corredor. Havia uma janela de um lado, seguindo o corredor inteiro. do outro, haviam várias portas automáticas, que deduzi que seriam os quartos. Depois, caminhamos e vimos o que seriam os banheiros. Ela mostrou a sala de máquinas, uma oficina, depósitos.

Após isso, há um elevador magnético que nos leva para o andar de baixo da BB, e para o andar de cima, que tem uma porta que leva para o andar externo.

Fomos para o lado de fora da BB, ela ainda não tinha decolado, mas eu tinha certeza de que era melhor entrar antes que Snuggy perdesse a paciência.

Viramos e olhamos para cima. Vimos Snuggy acenando, nos chamando para entrar.

Chegamos na cabine do piloto.

Snuggy: Segurem firme!

Ele apertou alguns botões, e a nave começou a flutuar.

Então...

ZUM!

Estávamos voando fora do aeroporto, indo para Frostl!

Olhei para trás e vi os animais tremendo de medo. Eu sabia que eles iriam se acostumar.

Disparei para a parte externa. Era tão bom sentir a brisa.

Olhei para baixo, vendo as florestas, lagos, campos, montanhas.
E depois, na frente, Frostl. Olhei para Ironleaf. A gente só tinha visitado a parte tecnológica dela.

Umbreon, pensando: ''Nota mental: Ver a parte florestal de Ironleaf quando voltar.''

Logo depois, Loko, Liza e Davry chegaram.

Davry: Que legal...

Loko: Não vou olhar pra baixo, não vou olhar pra baixo...

Liza: Não sabia que você tinha medo de altura, Loko!

Loko: Eu não tenho medo de altura!

Liza: Ah, tá... Me parecia que você estava tremendo.

Loko revirou os olhos.

Entramos novamente.

Snuggy: Escolham seus quartos. Já tem móveis, mas vocês podem personalizá-los.

Umbreon: Okay.

Me dirigi até onde estava o meu quarto. A porta abriu automaticamente, e eu joguei minhas coisas na cama. Me deixei levar pelo sono.

Quando acordei, era tarde da noite. Sim, eu gostava de dormir. Olhei pela janela longa do meu quarto, e vi:

Estávamos pousando em Frostl.

Finalmente, eu usaria as katanas.

Coloquei minhas roupas de frio, ajeitei a bainha das katanas no meu cinto, e corri para a saída.

Lá, encontrei todos, até os animais, menos Davry e Thor.

Umbreon: Ei, cadê o Davry?

Loko: Ainda tá procurando a lança. Quando chegou no quarto, decidiu ''personalizar'' e bagunçou tudo.

Umbreon: Novidade...

Davry pulou da varanda onde anteriormente estávamos, com todas as coisas.

Davry: Pronto, terminei. Vamos!

Snuggy: Bom, viemos até aqui. Por onde seguimos?

Liza abriu um mapa de Frostl (De onde ela tirava tantos mapas?) e o encarou por um minuto.

Logo depois, ela disse:

Liza: Há um vilarejo logo atrás desse monte. Eles devem ter alguma pista.

Loko: Tudo bem, mas não é meio perigoso deixar a BB aqui?

Umbreon: É verdade... Alguém não pode ficar nela?

Lota: Eu fico. Posso ficar nela e ajudar de lá, há um telão que é conectado ao bracelete do Snuggy. Ele pode fazer uma projeção holográfica, para que eu possa me comunicar com vocês. E eu vou poder ver o que está ao redor de vocês, para tentar achar algo.

Liza: Perfeito! Vamos atravessar esta montanha.

....

Estávamos escalando o monte, até que Liza, voando, apontou para o céu estrelado:

Liza: Olhem!

Uma aurora boreal. Eu nunca tinha visto algo tão lindo.

Todos: Wow!

Umbreon: Eu não sabia que aceitar essa missão teria tantas vantagens... Estamos conhecendo o mundo todo!

Snuggy: Vamos continuar.

Começou a nevar.

O bracelete de Snuggy fez uma projeção:

Lota: Está nevando, não é? Não se preocupem, o vilarejo está próximo.

Umbreon: Hmm, temos um motivo para nos preocupar sim...

Os animais rosnavam. Jack apontou com o focinho para cima.

Um pequeno portal de cor roxa estava flutuando no céu. De lá, caiu uma figura de roupas pretas, e outra figura, mas felina.

Luro e Bass?!


Bom pessoal, é isto por esse episódio! Como Luro chegou usando aquele portal? Qual a razão dele ter sido jogado para nossos heróis? O que aconteceu?  Continue acompanhando nossa série para descobrir! Até mais, um abraço, e ... Pinguinando!