sábado, 3 de dezembro de 2016

Sala de Debates #10 | É necessário muitas coisas serem para assinantes no início do Club Penguin Island?

OBSERVAÇÃO: Decidi mudar o horário do Sala de Debates para às 18 horas dos sábados, para termos mais tempo para debater. 

Olá, pinguins! Hoje, o Sala de Debates trará um assunto que tem repercutido muito nas comunidades do Club Penguin. Como podem ver pelo título, abordaremos o fato de que muitas coisas do Club Penguin Island serão para assinantes, e daremos nossas opiniões sobre o assunto! Então, vamos lá!
                                                                                                                                                                 


Comentário de Cookie*, em "Sala de Debates #9 | Lançar o Club Penguin Island sem uma versão para Desktop afetará o sucesso do projeto?".

* Adaptado para facilitar a leitura. 

Acho que o fato de ser lançado para Android e iOS é uma boa jogada, já que como o Gian disse, o que as pessoas mais usam são os smartphones, por serem mais práticos e acessíveis. Lógico que terá uma parte que não poderá jogar, por não ter dispositivos mobile, e não tendo como ter um, devido a condições financeiras, etc...

Algo que pode ajudar nesta transição de uma plataforma para outra, é o fato de já existir o CP para mobile, é um aplicativo com mais de 5 milhões de downloads. Algo grande, na minha opinião.

Um pequeno detalhe que eu gostaria que acontecesse: caso o jogo seja um sucesso (acredito que seja, mas isso não depende de mim), eu queria que lançassem uma versão para PC, mesmo que seja pela Steam ou algo do tipo, só para ter mais maneiras de acessar o jogo.

Comentário de Blaztox* (Gabriel Gllt), em "Sala de Debates #9 | Lançar o Club Penguin Island sem uma versão para Desktop afetará o sucesso do projeto?".

* Adaptado para facilitar a leitura.

Acho que a questão do mobile não será um problema, pois como Spike Hike disse, o CPI irá se tornar popular primeiro lá, afinal Unity pode ir a qualquer lugar! Prevejo que um dia o Ilha do Club Penguin será tão famoso que estará aparecendo nos telejornais, quem não gosta de um mundo virtual imenso com inúmeras funcionalidades, e que roda num celular? 

Parabéns, Cookie e Blaztox! Seus comentários foram realmente muito esclarecedores! Para aparecer nessa área que mostra comentários que foram feitos na postagem anterior do quadro, é só comentar e torcer para eu selecionar a sua opinião!

E, agora, é a hora de falarmos do tema do Sala de Debates de hoje. Com vocês: Gian, Chrys, Sonic e Mister, além de dois convidados que foram selecionados para terem seus comentários colocados nessa edição! 

"É necessário muitas coisas serem para assinantes no início do Club Penguin Island?"


Gian:

Não é. O Club Penguin está se transformando em um jogo "pay to play", em português literal, um jogo que você paga para jogar. Isso não é nada bom, pois grande parte do público do CP não é assinante, e ficará a ver navios no Club Penguin Island. 

Claro que a Disney precisa de dinheiro para pagar o investimento feito no desenvolvimento desse aplicativo, e que não deve ter saído barato. Porém, isso vai diminuir a popularidade do jogo entre a própria comunidade, o que não é nada bom.

Realmente, teria lógica várias coisas serem apenas para assinantes. Mas o que fizeram foi um exagero. Não assinantes não têm acesso quase a nada. Espero, que tempos depois do lançamento, comecem, aos poucos, a liberarem as coisas para todos. Isso é o mínimo.

Chrys:

Absolutamente que não. O excesso de pagamento só vai tornar CP um jogo pague por sua diversão. Questões de estética como roupas, até tudo bem essa grande limitação, mas estão tirando de nós coisas NOVAS, experiências que esperamos por muito tempo para receber.

Claro, eles tem que cobrir seus gastos e incentivar a assinatura, mas estão basicamente impondo ela para que os jogadores possam ter uma verdadeira experiência de jogo em tempo integral. 

Os desafios diários, a tão esperada solução para o tédio do dia a dia no CP, são travados. Algo que incentivaria MUITO uma boa atividades dos jogadores é exclusiva daqueles que pagam. Até entenderia que separassem os melhores desafios, mas selar TODOS eles com Assinatura? Pay-to-win, no mínimo.

Se o CP quer chamar atenção com o CP Island, se querem realmente que os jogadores se sintam com vontade de permanecer no jogo, não devem fazer eles sentirem OBRIGAÇÃO de fazer assinatura, isso afasta jogadores. O ideal seria que a assinatura fosse uma expansão do que se oferece na jogabilidade e não aquilo que destrava toda a diversão.

Portanto, essas limitações não se fazem necessárias no que diz respeito à jogabilidade do jogo.

Mister:

Não é. Desse jeito, o CP vai se transformar em um jogo que você paga pra jogar, e não em um jogo que você pode desfrutar de algumas atividades diárias e só precisar pagar em poucos casos.

É claro que a Disney tem que cobrir seus gastos e fazer com que os jogadores coloquem dinheiro no seu jogo, mas do jeito que eles estão coordenando a parte da assinatura, parece que estão basicamente impondo isso para os jogadores.

Daí, o jogo se torna um ''pay-to-win'', onde a verdadeira experiência da mágica do CP Island só se torna acessível para assinantes. Se continuarem assim, pode até diminuir a popularidade do jogo, e voltamos ao estado inicial de falência.

Sonic:

Não. O que está sendo feito é um desrespeito com o jogador; pouco mais de um ano se passa e são mostrados vários sneak peeks de um Club Penguin que ninguém havia imaginado antes. Chega a tão aguardada hora do jogo ficar disponível e o CPI deixa várias funções de certa forma básicas para o jogo, como pular de um trampolim, exclusivas para assinantes. 

Sim, há a questão da renda obtida com o jogo, mas será que o CPI precisa tão desesperadamente gerar lucro ao ponto de limitar a experiência do jogador de uma maneira tão radical?

Volto a afirmar que o que o jogo mais precisa é de novos jogadores. Mas como a equipe do CP Island pretende se destacar entre o público infanto-juvenil impondo essas limitações? Isso apenas trará de volta a velha aversão a assinatura que predominou durante vários anos no tradicional Club Penguin, aversão essa que pode afetar drasticamente no sucesso do aplicativo.

Reconheço que a assinatura é necessária para o jogo por ser uma importante fonte de renda, apenas peço para a equipe do CPI deixe de lado essas limitações tão rígidas. Muitos jogos podem oferecer uma ótima experiência sem o jogador precisar pagar um centavo,, como o próprio Pokémon GO! já citado aqui no Sala de Debates.


Essas foram as nossas opiniões! Agora é a hora de vermos o que Blaztox e Labhhhhh acham, os nossos dois convidados dessa edição! 

Labhhhhh:  

Assinatura, é realmente um papo extremamente polêmico, e antigo entre as comunidades do Club Penguin. Com a chegada do Club Penguin Island, as pessoas instantaneamente ficam surpresas e injustiçadas com a notícia dada pelos beta testers que quase tudo irá ser para assinantes no novo jogo. 

Vamos pensar em ambos os lados. A Disney gastou muito dinheiro para desenvolver o jogo, não é a toa que durante esses 3 anos e meio descontinuaram os produtos, os cartões de assinatura, os aplicativos móveis Puffle Wild e G-Ladeira e até mesmo a possibilidade de pagar a assinatura com os créditos do celular. 

Isso aconteceu por que eles tiveram que encerrar essas coisas não essenciais, para conseguir mais dinheiro para pagarem o desenvolvimento do CPI, um projeto extremamente importante. Sem ele, o Club Penguin já estaria planejando o design da tela de "Estamos encerrando nossas atividades".

É meio cômico, mas lembram que existia um mundo virtual infantil concorrente do Club Penguin chamado Pandanda, que foi fechado em outubro de 2012. O motivo? Problemas financeiros. Sejam bem vindos a triste vida real. O Club Penguin poderia ser um novo Pandanda da vida se eles não seguissem em frente e planejassem o CPI.

É isso mesmo, o mercado precisa de novidades. E o Club Penguin está realmente bem atrasado em engine. Mas enfim, voltando ao assunto de assinatura, na minha opinião, eu penso que não deveriam colocar muitas limitações, mas querendo ou não, também não podem botar poucas restrições, o certo é algo equilibrado.

Por exemplo, o modo história. É extremamente injusto para as crianças que não são assinantes, não? Então. Quanto a vestir as roupas do customizador, sinto muito, mas se fosse para todos vestirem tudo do customizador, não teriam lucro. A regra é clara: as coisas consideradas divertidas são pagas.

Afinal, você realmente não iria querer pagar uma assinatura por algo bem chato, mas a minha ideia para o customizador é essa: que deixem apenas alguns estilos de roupas específicos para os não assinantes vestires. 

Tipo, um chapéu e uma camiseta, já está pronto. Só esses estilos de itens básicos, e podendo personalizá-los. Aí, se quiser poder ter moletons, snorkels, headphones, fantasias, entre outras coisas, teria de pagar a assinatura, não é uma bela ideia? 

Então. O truque é simples para se ter o lucro. Dar um gostinho de como é ser assinante, que seria o trial de 7 dias. Mas, mesmo assim, deve-se ter um maior equilíbrio nas restrições para os não assinantes.

Blaxtox

Não, eu acho que não é necessário, já que além do Ilha do Club Penguin ser um novo jogo, ele é um jogo muito esperado. Nós, desde que soubemos desse Projeto Super Secreto, ficamos extremamente animados, principalmente esse ano, que teve muitas festas carentes, mas isso não desanimou nossa comunidade.

Porque nós sabíamos que um ano decepcionante iria compensar, esperamos, esperamos e esperamos, já havia muitos jogadores cansados de esperar pelo novo CP, alguns até saíram da comunidade, e tudo isso para podermos jogar o PSS. 

Muitos de nós ficaram decepcionados pelo fato de só os norte americanos poderem testar o novo CP, assim como eu, que acompanhei cada segundo da pré-revelação do PSS. Daí, a nossa única opção era as gameplays dos beta testers, que nos encheram de animação. Eu, particularmente fiquei muito triste pelo fato de ainda não poder jogar.

Enquanto acompanhávamos as gameplays, percebemos que praticamente tudo era para assinantes, eu fiquei extremamente chocado, só de pensar que fiquei um ano inteiro esperando por esse projeto, para descobrir que tudo é pra assinante, acho que o Club Penguin deveria pelo menos presentear os jogadores com um mês de assinatura.

Quando eu falo praticamente tudo é pra assinante, na verdade é tudo. 

Os assinantes podem se aventurar, usando a tirolesa, boia e fazer coisas extremamente divertidas. 

Os assinantes podem comer todo o tipo de comida!

Os assinantes podem usar roupas (sério, agora já tá de brincadeira, não posso usar as roupas que personalizei, não posso usar itens beta, não posso usar nenhum tipo de roupas, os não assinantes serão obrigados a ficarem pelados, pelo visto).

Os assinantes podem cumprir missões (as únicas missões que os não assinantes poderão fazer serão missões cooperativas)!

Resumindo, os não assinantes não podem fazer nada! Absolutamente nada, algo bem decepcionante, pois esperamos tanto tempo para descobrir que não poderemos fazer nada já no início do aplicativo. Tudo bem que tem a assinatura trial de 7 dias, só que quando acabar, seremos praticamente obrigados a fazer uma assinatura.

 Os não assinantes não podem nem usar itens beta! Desse jeito o Ilha do Club Penguin não irá superar Pokemon Go. Não é necessário tudo ser para assinante logo no início do aplicativo, algumas exclusividades são extremamente absurdas! 

Como por exemplo, não poder ir no tobogã ou tirolesa, acredito que muitos pinguins da comunidades do Club Penguin não gostaram disso, assim como eu, que ficava acompanhando cada novidade do jogo.

Mas não é por causa disso que devemos largar o CP, afinal o jogo ainda nem lançou, ele pode nos surpreender ainda mais! Com o tempo, novas funcionalidades serão incluídas e assim eles liberarão mais coisas para os não assinantes. 

Caso queiram participar da próxima edição como convidados, mandem-me as suas dissertações sobre o seguinte tema:

"A Festa de Fim de Ano foi bem desenvolvida pela equipe do CP?"

Vocês podem me contatar por esses endereços virtuais citados abaixo.

Emails: GianGInter@outlook.com e cpmais52@gmail.com.
Twitter: @GianGInter.


Anexos:


Nova tela de entrada do Club Penguin, divulgando o novo jogo Club Penguin Island.


Design muito antigo da Caverna, reutilizado nesta Festa de Fim de Ano.


Riyita, editor do blog Club Penguin Space, descobriu os próximos dois pins do CP. Um deles é um dos emojis do Club Penguin Island. Saiba mais em: http://www.cpavalanchebr.com/2016/11/sneak-peek-os-proximos-dois-pins-do.html


"O Club Penguin em Português e a comunidade tóxica que o acompanha", postagem feita por Garrifro. http://www.cpavalanchebr.com/2016/12/o-cp-em-portugues-e-comunidade-toxica.html


E essa, meus amigos, foi a décima edição do Sala de Debates. Gostaria de agradecer a todos o ótimo feedback que estão dando ao quadro, é muito bom ver que os nossos esforços estão dando bons resultados! Por enquanto, é só! Vejo vocês no debate!